Governo libera voucher de R$200 para trabalhadores; veja quem tem direito

Publicidade
Publicidade
O governo decidiu pagar um voucher no valor de R$200,00 para que as pessoas consigam se estruturar durante a crise que está se vivendo.

Imagem: Reprodução/Internet
O valor será pago para os trabalhadores informais, aposentados, pensionistas e pessoas de baixa renda que estejam inscritas no CadÚnico ou não, desde que cumpram os requisitos. O benefício será dado durante três meses e tem o objetivo de ajudar as pessoas a pagarem suas contas e comprarem alimentos.

Governo irá pagar R$200,00 até para quem não está inscrito no CadÚnico

No total, será fornecido 15 bilhões de reais para que as pessoas consigam ter uma estrutura sólida durante os primeiros meses mais caóticos da quarentena. Esse valor vai equivaler à 5 bilhões de reais por mês, a mesma quantia que é investida para o Bolsa Família.

O que é o Corona Voucher?

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, decidiu explicar como funcionará a distribuição dos valores do voucher. Ele informou que o benefício poderá ser retirado nas Casas Lotéricas, agências da Caixa Econômica Federal, correspondentes da Caixa ou online, para os grupos de risco que queiram evitar o contato físico.

O benefício é destinado para pessoas que não recebam nenhum outro tipo de benefício social, mesmo que estejam inscritas no CadÚnico. Você não poderá acumular o Bolsa Família e o Corona Voucher, por exemplo, pois ambos são benefícios sociais.

Guedes afirmou que o voucher foi um pedido especial do nosso Presidente, Jair Messias Bolsonaro, pois o mesmo sempre teve uma grande preocupação com os mais de 38 milhões de trabalhadores informais que existem no Brasil. Segundo o presidente, eles serão os mais afetados pela crise causada pela pandemia. 

 O que é o CadÚnico?

O Cadastro Único é a maneira que o Governo Federal encontrou de reunir todas as informações sobre as famílias que vivem em situação de pobreza e, dessa forma, conseguir criar políticas públicas de acessibilidade para as pessoas que vivem em situação de pobreza.

Deve estar inscritas no CadÚnico famílias que recebam até meio salário mínimo por pessoa ou que a renda não ultrapasse três salários mínimos por mês, somando a renda de todos os integrantes da família.

Os programas Bolsa Família, Minha casa, Minha vida, Bolsa Verde, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil -PETI, Tarifa Social de Energia Elétrica e Passe Livre são programas que fazem parte do CadÚnico. Todas as informações disponibilizadas no cadastro podem ser usadas por prefeituras e governos a fim de criar políticas para as suas comunidades.

Quem irá receber o corona voucher?

Pelo cálculo, mais de 30 milhões de trabalhadores informais serão beneficiados pela Caixa. Além do crédito em conta para quem já é correntista ou possui poupança, também será possível sacar nas lotéricas, terminais correspondentes e nas agências da Caixa.

Quem possui interesse em receber o benefício, deve ir até uma agência e se apresentar portando documento de identificação com foto. O atendente checará se a pessoa não possui Bolsa Família ou Benefício de Prestação Continuada (BPC) e, caso não possua, a pessoa já consegue sair com o seu voucher na hora.

O presidente destacou que os beneficiados com o voucher não poderão ser beneficiados de outros programas do governo, como o Bolsa Família, por exemplo. Ele também afirmou que serão utilizados cadastros da Caixa e do INSS para identificar as pessoas que receberão o auxílio.

Como será feito o controle do pagamento?

Todos os atendentes da Caixa, das casas lotéricas e das centrais correspondentes estão passando por treinamentos rigorosos e intensivos para identificar as possíveis fraudes no pagamento do benefício.

Como não é possível fazer o acúmulo de dois auxílios, como por exemplo, Bolsa Família e Voucher, as pessoas que não possuam o direito ao benefício por já serem beneficiadas com outro, serão descartadas no segundo mês de pagamento.

Infelizmente, o Ministro Paulo Guedes confirmou que não existe a possibilidade de fornecer dinheiro para toda a população e, no primeiro mês de recebimento do Voucher, podem acontecer sim algumas fraudes, mas que no segundo mês já terá sido feita a análise rigorosa dos inscritos e quem não possui direito ao benefício não receberá mais.

Como será realizado o pagamento

Como a decisão oficial foi tomada há poucos dias e toda a situação ainda está muito recente, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou que precisará treinar seus funcionários antes de liberar o dinheiro para a população, mas que ele espera que isso seja feito ainda no próximo mês.

Como a Caixa Econômica Federal possui 26 mil postos de atendimento, é necessário ter um cuidado grande para evitar fraudes nos pagamentos e beneficiar pessoas que não estejam necessitando desse valor de R$200,00.


Felizmente, tudo está sendo preparado o mais rápido possível para conseguir atender as pessoas que estão passando necessidades durante a pandemia. A Caixa, juntamente com o Governo Federal, tem o objetivo de proporcionar melhor qualidade de vida para toda a população brasileira e não deixa de agradecer as pessoas que confiam no seu trabalho.
Últimos Artigos

Procurando Cartão…

0

Você foi selecionada(o) para ver 7 cartões sem anuidade!

CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO E VEJA OS CARTÕES 👇🏻